Minha Mulher Não Quer Mais Fazer Sexo. O que fazer?

 

Primeiro, leia este texto até o final. Pois a solução pode ser mais simples que você pensa. Segundo, deixe de pensar que perda do desejo sexual seja falta de amor, pois não é isso. Vamos entender que a mulher não tem uma chave de liga-desliga de tesão na hora do sexo, e geralmente não é toda hora a mulher vai ter aquele tesão toda vez que te ver pelado. Sexo não é só isso, existem outras coisas que talvez esteja acontecendo e você não esteja percebendo. Vamos enumerar alguns itens que podem estar atrapalhando a intimidade do casal:

 

O Anticoncepcional

 

A libido feminina depende de vários fatores, tanto físicos como emocionais, e funcionam como combustível de bem-estar, dando a mulher possibilidades de muita vontade de fazer sexo. No âmbito físico, temos os hormônios femininos, que podem estar alterados. Um grande vilão pode ser o queridinho dos homens: A pílula anticoncepcional(?!). Sim, muitos homens são grandes adeptos à o uso da pílula pois não gostam de usar a camisinha. E isto pode estar acabando com a saúde de sua parceira. A mulher possui o hormônio chamado estrogênio e um pouco de testosterona no corpo também, este muito ligado a libido. Muitos anticoncepcionais acabam reduzindo estas taxas de testosterona do corpo da mulher, removendo o desejo de transar.

 

Problemas de Saúde

 

Outro problema que pode estar acontecendo com a falta do desejo é referente à saúde de sua parceira. Ela pode estar passando por falhas hormonais. Muitas vezes são causados por problemas de fundo psicológico. É muito importante neste caso a procura de uma ginecologista para entender a causa e marcar um tratamento com um terapeuta de casal.

 

O Estresse

 

O estresse é a causa de muitos males relacionados à falta de desejo sexual feminino. Ainda vivemos numa sociedade desproporcional, onde a carga de trabalho da mulher é muito maior que a do homem. Muitas famílias, as divisões de tarefas ainda não acontecem, e a mulher fica encarregada dos afazeres domésticos, filhos, empregos, etc… criando um desgaste total tanto emocionalmente quanto fisicamente na sua parceira. E muitas vezes pode piorar quando o homem não entende a mulher e a força a prática sexual, criando problemas emocionais maiores, como o vaginismo.

 

E o que fazer?

 

A melhor coisa do que fazer é o diálogo. Muitas mulheres não conseguem nem conversar com seus parceiros, pois muitos acham (em pleno século 21) que conversar é besteira. Se este for seu caso, é melhor você repensar pois o pivô deste problema pode ser você. Então, dialogue com ela. Se não consegue, faça um esforço. Procure entender que você é adulto também e que sabe conversar educadamente. Muitas mulheres se queixam que, depois de um tempo de convivência a dois, os maridos se tornam “filhos” do que propriamente parceiros. Entenda que sua parceira pode estar acumulando todos os problemas sozinha. Outro problema muito comum é quando a mulher perde o tesão causado por pressão psicológica do parceiro. Muitos homens ainda (não todos) colocam suas parceiras como um ser abaixo de uma escala intelectual, acabando com sua alta estima e consequentemente o tesão, e se este for o seu caso, pare imediatamente! Uma boa iniciativa neste caso é engolir o orgulho e sugerir uma terapia de casal. Sim juntos! Na terapia, o profissional na área de psicologia funciona como um mediador do diálogo.

 

A outra coisa a se fazer é tornar o momento íntimo mais prazeroso. O uso de brinquedos sexuais podem apimentar muito mais. Muitas vezes as mulheres se queixam que a prática sexual se torna muito monótona, então o uso de acessórios é muito bom para apimentar muito mais a relação.

Confira Nossos Produtos