5 Dicas De Posições e Movimentos Para Estimular o Ponto G

 

Se você conseguiu fazer a sua parceira gozar no ápice do clímax, se prepare para dar a ela uma explosão de orgasmos múltiplos. Mas se você ainda não conseguiu, fica triste não, com certeza o artigo vai te ajudar muito a fazer sua parceira atingir seu clímax. Geralmente, nós mulheres demoramos muito mais para chegar ao orgasmo, isso já é um fato, pois precisamos de muito estímulos do que os homens: é necessário estimular o Ponto G feminino. E os homens falham. Falham pois muitos homens mal sabem que a mulher tem uma complexidade de estímulos detrás do clitóris, enquanto outros acham que esse Ponto G é uma fábrica de gelo (risos). Pesquisas apontam que mais de 60% das mulheres nunca sentiram orgasmos com seus parceiros do sexo masculino, e que apenas 20% delas sempre sentem chegar ao clímax durante o sexo, o que parece indicar que os homens falham e muito ao estimular o ponto G feminino.

 

O que é ponto G?

É uma área supersensível na frente da parede vaginal, na região do clitóris, que se bem estimulado, pode levar as mulheres ao orgasmo rapidinho. Siga estas dicas para estimular o ponto G:

 

1. Encontre onde é o ponto G da sua parceira.

A primeira parte é encontrar. E se pensar que toda mulher é igual, vai começar errado. Cada mulher tem uma forma diferente de sentir prazer. Não deixe de usar os dedos (e por favor, corte e lixe as unhas pra não machucar) também, pois a região de entrada o canal vaginal possui nervos que ajudam muito no prazer. Vá tocando com o dedo até encontrar uma área mais durinha e áspera no topo da vagina. Essa área é o ponto G. Ao tocá-la, a mulher sentirá estímulos de prazer.

 

2. Estimulação feminina do Ponto G

Sinta o local pois é diferente do clitóris, o ponto G precisa de pressão maior com os dedos para haver a estimulação. Então, deixe “aquele nojinho” do sexo oral para os novatos e assuma a linha de frente do prazer feminino. Procure identificar como sua parceira reage a movimentos de sua língua e com o dedo na região. Vá tocando com o dedo delicadamente até que a região fique intumescida, em um vai e vem constante. Varie de formas e força de pressão. Se sua mulher vai sentir uma vontade de fazer xixi no momento de estimulação do ponto G, você deve pedir para que ela relaxe e deixe fluir. Aos poucos o esta sensação muda para um orgasmo muito bom.

 

3. Ela não sente tesão

Se você estimular e sua parceira não sentir nenhum prazer, lembre-se de que o sexo bom e gostoso só acontece quando os dois querem. Se a sua parceira não conseguir sentir prazer em nenhum momento, neste caso, aproveite para explorar outros locais mais sensíveis do corpo que produzam prazer.

 

4. Use seu pinto corretamente

Você pode usar seu pinto de maneira adequada, botando uma almofada nas costas (perto da bunca) da sua mulher para levantar. Isso muda o ângulo de penetração ajuda a roçar nessa pele áspera que estimula o ponto G.

 

5. Muito mais prazer!

Você pode usar outras formas para atingir o climax, para isso, os brinquedos eróticos são uns bons acessórios para ajudar. Use por exemplo, este estimulador como este aqui (controlado também pelo celular) pode ser usado no clitóris enquanto estimula o ponto G, em brincadeiras inimagináveis. E não tenha medo de explorar outras possibilidades. O uso de Gel que aquece e esfria também podem ajudar a potencializar a região erógena da mulher. O importante é se entregar totalmente sem medo.

Confira Nossos Produtos